Home

O site Ballet para Adultos foi a consequência natural de um trabalho de divulgação do Ballet que se iniciou já há bastante tempo. Há mais de 25 anos o Ballet faz parte de minha vida e a cerca de 10 anos dou aulas de Ballet para estudantes que levam a arte do Ballet muito a sério. Sou bailarina, formada pelo Ballet Márcia Bueno.

Constantemente busco meu aperfeiçoamento como tática para oferecer um sólido aprendizado aos meus alunos.

Para tanto, participo constantemente de cursos e faço aulas semanais com diferentes professores... porque para mim a busca por conhecimento é uma constante. Como podem ver, o Ballet tem uma estreita ligação com a minha vida. Consequência natural disto foi expandir e divulgar o conhecimento adquirido. Primeiro dando aulas no Ballet Márcia Bueno, para bailarinos em processo de formação e adultos, e depois para as alunas portadoras de deficiência visual, da Associação de Ballet e Artes para Cegos Fernanda Bianchini (vale a pena conhecer o belíssimo trabalho da associação).

Sintam-se à vontade para navegar nas páginas deste site, conhecer nosso trabalho e participar dele, se assim o desejarem.

Abraços à todos

Daniela Sanches

2 de jan de 2011

Ballet e Moda


Em 1947, Rose Repetto começou a confeccionar sapatilhas que oferecesse maior conforto para seu filho: o bailarino Roland Petit. O processo era totalmente artesanal e feito em um atelier minúsculo próximo à Ópera Nacional de Paris.


As sapatilhas tinham tantas qualidades que despertaram o interesse de outros bailarinos amigos de seu filho e pouco tempo depois do par de sapatilhas experimental, madame Repetto se viu atendendo a pedidos de grandes nomes da dança clássica.

Em 1952, é feito o primeiro encarte publicitario sobre o produto, o que fez "aparecer" a marca Repetto.
Quatro anos depois, a pedido de Brigitte Bardot, Rose cria o modelo Cendrillon, para que fosse usado pela própria Brigtte no filme "E Deus criou a mulher". E foi assim que suas "ballerines", até então exclusivas do mundo da dança, invadem o mercado da moda e viram febre.
Brigitte Bardot com sua Cendrillon
 Na década de 1980, o tênis se populariza também entre as mulheres e este novo modismo aliado à morte da fundadora, faz com que a marca deixe de ser tão requisitada e entre em certo ostracismo.
Mas em 1999, o experiente executivo da indústria de calçados Jean-Marc Gaucher compra a marca e a grife volta definitivamente, com toda a força e de cara nova. Atualmente ela pode ser vista nos pés de estrelas como Kate Moss, Katie Holmes, Rachel Bilson, Olivia Palermo entre outras tantas.


Modelo de sapatilha de ponta Repetto
Boutique da Repetto em Paris
Sapatos femininos inspirados em sapatilhas de ballet
Interior da boutique Repetto em Paris


Além desta, podem ser vistas muitas outras inspirações trazidas do mundo da dança para o mundo fashion.
Bailarinas e bailarinos têem participado cada vez mais de campanhas publicitárias de grandes grifes, emprestando suas silhuetas perfeitas e rostos fotogênicos, como por exemplo a primeira bailarina do Royal Ballet de Londres que fez a campanha Outono/Inverno de 2007 para a marca espanhola Hoss Intropia.
Já a bailarina russa Svetlana Zakharova, principal bailarina do ballet Bolshoi, é um dos rostos da marca de relogios de luxo da Suíça Audemar Piguet.


Tamara Hojo para Hoss Intropia

Svetlana Zakharova para Audemar Piguet

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço abaixo é reservado para você falar o que você pensa:
    * Sua opinião;
    * Um depoimento;
    * Uma dica de artigo ou matéria;
    * Um elogio;
    * Uma reclamação.



Se quiser deixar o link do seu blog, utilize a opção openID e deixe a url do seu blog.

A sua opinião é muito importante para nós!


Os comentários são lidos por nós antes de serem publicados. Não serão aprovados os comentários:
    * com propagandas (spam);
    * com link no conteúdo dos comentários;
    * com palavrões ou ofensas.

Para saber mais: